“Foi um crime terrível”, diz a Dra Joanne Anunciação, assistente de acusação no caso do pagodeiro Leandro da Silva

0 27

O pagodeiro de 36 anos, Leandro da Silva Lauro, foi assassinado com um tiro na cabeça por um homem, porque estava urinando na praça em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

As imagens do local mostram que Leandro foi chutado nas costas e xingado verbalmente pelo agressor, e sem seguida, o músico caiu após ser baleado na nuca. O pagodeiro, que tocava violão e cavaquinho na banda Tô na Boa, não resistiu ao ferimento e acabou falecendo.

“Foi um crime terrível, um trabalhador que tinha acabado de sair de um show onde se apresentou com sua banda e estava descansando ao lado dos amigos na praça, ser morto por um motivo desses. Esse crime não pode sair impune e esperamos que a família receba justiça”, comenta Dra. Joanne Anunciação, que será assistente de acusação.

Contratada pela esposa de Leandro, por ser uma advogada já conhecida pela família, o caso provavelmente vai a júri, por isso, eles habilitaram a Dra. Joanne Anunciação para ser encarregada da acusação por parte da vítima.

O que é uma assistente de acusação?

A figura do assistente de acusação ainda é pouco conhecida pela população, mas possui uma atuação importante no Processo Penal. É previsto na Constituição Federal que o autor de uma ação penal pública é sempre o Ministério Público, ou seja, aquele que possui o papel de fiscalizar e proteger os princípios e interesses fundamentais da sociedade.

Sendo assim, é possível que a vítima do crime peça para intervir no processo penal, para atuar com uma assistente de acusação. Não serão autores e tampouco partes do processo, serão apenas auxiliares do Ministério Público.

Na fase recursal, o assistente de acusação será necessário para atuar no processo, onde poderão adiantar o curso do processo solicitando diligências mais precisas e objetivas, além de realizar perguntas que julguem necessárias para a condenação penal.

O Assistente de condenação, poderá auxiliar e acompanhar no processo para que a justiça seja feita, caso o Ministério Público não tome medida, o assistente habilitado poderá recorrer. Sem esse profissional, não há como recorrer ao caso.

Conheça mais a Dra. Joanne Anunciação:
https://anunciacaoassessoria.com.br/
https://instagram.com/drajoanneanunciacao

Imprensa Concedida por: Roberta Nuñez – https://instagram.com/rnassessoriaimprensa

TAGS: Dra Joanne Anunciação, Assistente de Acusação, Pagodeiro Leandro da Silva, Advogada

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.