Referência no tema, Dr. Eduardo Nunes demonstra passo a passo do procedimento de aumento de mamas que tem recuperação em 24 horas

0 14

Muitas mulheres sonham em realizar a cirurgia de aumento de mamas com a colocação de próteses de silicone, conferindo maior auto-estima e bons resultados estéticos. No entanto, a recuperação e o transtorno causado pelo pós-operatório é um fator que gera preocupação e tem sido levado em conta na hora de tomar a decisão pela mamoplastia.

Contudo, o Dr. Eduardo Nunes, cirurgião plástico (CRM PR 22787 / RQE 993), aponta que já existe à disposição a técnica de rápida recuperação, que utiliza próteses de silicone especiais (conhecidas como R24r) e que proporcionam para a paciente a possibilidade de se recuperar da realização do procedimento cirúrgico em apenas 24h. “Até pouco tempo, isso não era possível para as cirurgias, já que todas tinham recuperações longas e demoradas e impediam o paciente de retornar à suas atividades do dia a dia por algumas semanas ou meses. Hoje, pacientes que hoje buscam aumentar as suas mamas podem se recuperar em apenas 24h. Essa é a única técnica que proporciona esse tipo de benefício e representa um grande avanço na medicina”, argumenta.

Recuperação em 24h

Segundo o Dr. Eduardo Nunes, tarefas como dirigir, pegar peso de até 15KG e atividades normais do dia a dia já podem ser realizados no dia seguinte à cirurgia. “Não é apenas movimentar os braços, é literalmente toda e qualquer atividade, com exceção apenas de praticar esportes e ir à academia. Para atividades aeróbicas o retorno é com duas semanas após a cirurgia e para exercícios com carga, como musculação, isso já é possível com apenas três semanas”.

O cirurgião revela qual o segredo por trás dos procedimentos cirúrgicos de rápida recuperação. “Tudo isso se deve a um protocolo que envolve mais de 80 fatores e que já vem sendo testado há alguns anos. Esses fatores envolvem cuidados pré operatórios, técnica cirúrgica, técnica anestésica e cuidados pós operatório. Realizando tudo corretamente, em 24 horas as pacientes são liberadas para retornarem a praticamente todas as suas atividades”, conclui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.