Pós pandemia: bares e restaurantes da Região dos Lagos fecham mês com dívidas

0 10

A Abrasel Leste Fluminense RJ divulgou uma pesquisa econômica que mostra índices preocupantes em relação às dívidas das empresas nas cidades da Região dos Lagos. Os dados, colhidos entre 24 e 31 de junho, apontam que 51% dos empreendimentos estão com pagamentos em atraso e 91% de estabelecimentos estão com dívidas de impostos federais.

O cenário é preocupante e mostra os efeitos negativos, na economia, para o setor de bares e restaurantes. Os empresários driblam as dívidas para continuarem o trabalho. O levantamento aponta que 9 em cada 10 empresas devem impostos como imposto de renda, PIS/Cofins ou parcelas do Simples. Outras 64% estão com dívidas de impostos estaduais, 27% de impostos trabalhistas, 36% de taxas municipais, 27% taxas de serviços como água, luz e telefonia; e outros 5% estão com débitos com fornecedores e 9% com dívidas no aluguel no empreendimento.

“Podemos dizer que estamos no pós pandemia, nesse momento, com clareza, os números refletem o quanto o setor de bares e restaurantes sofreu e ainda sofre. Por isso a luta incansável da Abrasel no Congresso Nacional para demonstrar aos parlamentares que o setor não suportaria uma reforma tributária como a que se apresentava”, explicou Sandro Pietrobelli, presidente Abrasel Leste Fluminense RJ.

Apesar das dívidas, o relatório mostrou dados que demonstram uma ascensão econômica. Cerca de 23% dos empresários pretendem contratar mais funcionários no segundo semestre de 2023, e 61% vão manter o quadro atual sem demissões.

CONTRATAÇÃO

Outro índice que chama atenção na pesquisa da Abrasel Leste Fluminense RJ é que 89% dos empresários contratam funcionários sem experiência, dando oportunidade de primeiro emprego para centenas de pessoas. Além disso, 65% dos empregados ainda têm possibilidade de ascensão profissional, já que 2 em cada 3 empresas têm política de reconhecimento de talentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.