No Dia Mundial do Rock, Sami Chohfi lança “Dream Version” da faixa “Sing You To Me” e clipe sobre futuro distópico

0 13

 músico americano-brasileiro Sami Chohfi anuncia nesta quinta-feira (13), Dia Mundial do Rock, o lançamento da faixa “Sing You To Me (Dream Version)”, nova interpretação do artista para a sua música “Sing You To Me”, lançada em 2022. A faixa, que lançada em todas as plataformas digitais, vem acompanhada de um videoclipe, que já está disponível no canal oficial de Sami no YouTube.

Filmado no El Mirage Lake, na Califórnia, e dirigido pelo diretor estadunidense Jon Meyer, o vídeo se passa em um futuro distópico, e traz a atriz Natalie Burtney como protagonista. “Quando ouvi a música ‘Sing You To Me (Dream Version)’, percebi que era uma música sobre uma reconexão de amor”, conta o diretor Jon Meyer. “Pelo peso emocional da própria música, eu a interpretei acontecendo sobre algum tipo de obstáculo impossível. Pensando na guerra iminente e na catástrofe climática, deixei minha mente vagar em um cenário de futuro apocalíptico onde restam poucos sobreviventes”, completa.

Assista ao clipe de “Sing You To Me (Dream Version)”

Ouça “Sing You To Me (Dream Version)”

Jon segue explicando sua interpretação do vídeo dirigido por ele: “Eu criei este vídeo intencionalmente para ter várias interpretações, mas minha interpretação pessoal é de que Sami fez a transição para a próxima vida junto com a maior parte da população mundial como vítima de algum tipo de desastre nuclear que destruiu cidades e deixou o ar irrespirável. A fonte da vida, água limpa, é quase impossível de encontrar, mas aqueles que ainda têm alguma esperança devem acreditar que ela ainda existe em algum lugar. A ideia é que o poder do amor entre duas almas não se limite aos elementos aqui na Terra e neste cenário, Sami guia sua amante terrena para a vida oferecendo à ela água através do plano onde ele se encontra. Ele decide fazer isso literalmente cantando frequências através do éter e se ela confiar em sua intuição, ela pode ouvir e ser guiada por elas”, segue Jon. 

“É claro que, mesmo que ela consiga entender essa mensagem melódica, nada é fácil na paisagem distópica e ela deve seguir uma trilha de pistas e maravilhas naturais como um eclipse para conseguir entender. Assim que ela encontra com sucesso a água indescritível, o próprio tempo deixa de existir e ela se torna integrada com a energia que é a água e, finalmente, seu amante perdido. Não é mais triste ou trágico, suas frequências se alinharam e é como se nenhum desastre criado pelos senhores da guerra tivesse ocorrido. O amor provou ser muito mais profundo e poderoso do que as situações mais sombrias”, finaliza.

Sami explica que esta versão de “Sing You To Me” foi o conceito inicial da música e compartilha sua alegria em finalmente lançá-la nos aplicativos de música, junto com a montanha-russa emocional que é o seu videoclipe – que ele considera um dos melhores que ele já fez. “Esta versão da faixa para mim é a ‘Dream Version’ porque é como eu a ouvi originalmente na minha cabeça: piano, violoncelo e vocal”, explica o cantor. “Quando cantei essa música originalmente, me levei de volta ao primeiro momento em que me apaixonei por minha esposa Renata. Pensei na longa jornada para encontrar meu caminho de volta para ela depois de 18 anos desde que me apaixonei por ela quando era bem jovem. Eu cantei esta versão através de um espaço de tempo completamente diferente. Imaginei minha vida sem ela. Imaginei se um de nós tivesse passado dessa para melhor, e é por isso que o vídeo contém as imagens poderosas que você vê. Espero expandir meu público com essa música e encontrar amantes da música que gostem de baladas de piano. Esta faixa é mais do gênero pop contemporâneo. Espero que fãs de artistas como Keane, Coldplay, Adele, Sarah Mclachlan, Sam Smith, Robbie Williams e The Fray descubram o meu trabalho depois de ouvir ‘Sing You To Me (Dream Version)’, finaliza.

Sami voltará ao Brasil para uma série de apresentações em setembro deste ano e promete novos videoclipes nos próximos meses.

CONFIRA A LETRA DE “SING YOU TO ME (DREAM VERSION)”
Escrita por Sami Chohfi

From the moment I saw you, I always knew that I would be a fool for you

You looked like an angel, dressed in your white ripped blue jeans

Oh, I hope you, see the way I’m looking at you now

And I promise you, that if your love should fade

I’ll sing you back to me

And I promise you, that if your heart should break

I’ll sing you back to me

The kind of girl who’s never late but always stays up late for me

With just a smile, you stop the war and bring the peace back into me

My sweetest surrender, one look was all it took and now I’m hooked on

Those green eyes and that long dark brown hair

And I promise you, that if your love should fade

I’ll sing you back to me

And I promise you, that if your heart should break

I’ll sing you back to

Even as the world grows cold and burns right to the ground

Just know that I will be right here by your side

Holding you tight my love

And when it’s time I will find you again, love

I promise you, that if your love should fade

I’ll sing you back to me

And I promise you, that if your heart should break

I’ll sing you back to me

I’ll sing you back to me, yeah

I’ll sing you back to me

Sobre Sami Chohfi:

O ano era 2008 e Sami Chohfi iniciava sua carreira na música com a banda Blue Helix, na cidade de Seattle (EUA). Quatorze anos se passaram e muita coisa mudou; atualmente em carreira solo e tocando uma mistura de rock alternativo, folk e composições acústicas, ele coleciona muitas vivências de viagens que refletem em sua arte e em seu contato com o público.

Em uma performance ao vivo que já foi comparada a um misto de Goo Goo Dolls + The Smashing Pumpkins + Foo Fighters, Sami tem habilidade e energia únicas para se conectar com a platéia e contar suas histórias através da música tocando vários estilos de rock em apenas um show, como uma montanha-russa de rock’n ‘roll em uma noite. Na sua mais recente apresentação, Sami marcou presença no palco do programa “Canta Comigo”, quinta temporada, exibido pela TV Record.  

O seu primeiro álbum solo, “Extraordinary World” (lançado em 2020), foi escrito em seis países (Brasil, Camboja, França, Índia, Quênia e Filipinas) e inspirado pelas pessoas que ele conheceu nesses lugares, suas vivências e histórias de cinco anos de viagens, onde o artista fez suas turnês internacionais. Foi justamente nessas viagens que ele encontrou seu propósito como artista: inspirar as pessoas, transportando-as para as cenas majestosas que testemunhou nos últimos anos. Os clipes das faixas “This Majesty” e “Dirty Your Soul” foram filmados na Índia e o videoclipe “Serenade the Darkness“, escrito e filmado no Brasil, foi adicionado às plataformas MTV, MTV2, VH1, Music Choice, Much Music e Revolt TV. 

Uma das músicas deste álbum, “Little One”, tem a participação do baterista Kellii Scott, da banda norte-americana Failure, e do tecladista Douglas Coronel, da banda paulista Mr. Legacy. Outro single recente, “The Awakening”, traz uma reflexão sobre nossos valores atuais como sociedade e a necessidade de mudança econômica, social e individual, com uma letra atual e uma melodia forte.

No final de 2022, Sami lançou o single “Sing You to Me”, uma super produção inspirada em grandes bandas como Queen e Beatles. Com clipe gravado na cidade de Nova Petrópolis (Brasil), a música tem uma melodia contagiante que, desde a primeira vez, fica gravada na memória. Também em 2022, o artista lançou um cover do hit “Take on Me“, da banda A-ha, com violão estilo flamenco, piano clássico, violoncelos, violinos e vocais de falsete – e clipe gravado em diversas locações na cidade de São Paulo.

O primeiro lançamento do 2023 foi o hino de rock anti-bullying “Anti-Social Butterfly”. Sami escreveu essa faixa para dar esperança e força àqueles que sofrem bullying. A música também é uma crítica contra o ajuste às normas sociais e um grito rebelde contra ser “normal”. Quando criança, crescendo no sul da Flórida, o artista sofreu muito por ser perseguido e espancado por seus colegas, além de ter convivido com um pai alcoólatra abusivo. 

Atualmente morando em Seattle, mas com raízes brasileiras, Sami é inegavelmente um cidadão do mundo e vem se tornando destaque do rock alternativo com vasta bagagem internacional, tendo já levado seus shows para seis países. 

Ele já trouxe suas turnês quatro vezes ao Brasil, e suas músicas estão sendo executadas atualmente em mais de cem rádios em todo o território nacional e já foram apresentadas em grandes veículos como Rolling Stone, MTV, Globo.com, e vários sites de música relevantes do país. Depois de uma extensa turnê de doze shows por aqui no ano passado, o artista deve voltar ao país para uma outra série de apresentações ainda em 2023.

Redes Sociais Sami Chohfi

Instagram

Twitter

Facebook

Streaming Sami Chohfi

Youtube

Spotify

Apple Music

Amazon Music

Tidal

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.