Comandante Barros relembra trajetória profissional

0 14

Há quem diga que nem todos os sonhos podem se realizar, entretanto, durante a vida, as pessoas passam a demonstrar que através da força de vontade, muito estudo e dedicação, é possível chegar aos seus objetivos. Um caso típico foi o da paixão que Paulo Alberto Barros de Oliveira demonstrou desde que era criança: a aviação. 

O goiano, tendo a aeronave como parte da sua memória afetiva, pedia à avó para levá-lo ao aeroporto. Com 9 anos, se mudou para a Europa onde começou a estudar em um colégio interno, sendo direcionado para sua então carreira de piloto, aprendendo diversos idiomas. Atualmente, Paulo fala mais de 6 idiomas.

Com 17 anos, retornou ao Brasil cursando ciências da aeronáutica no Centro de Ensino PUC, Goiás, sendo esse o início de um sonho realizado. “Agradeço aos meus pais por tudo que conquistei, nada seria se não fosse por eles”, expressa. Um ano depois ele já fazia voos privados.

Terminando o curso aos 23 anos, Paulo já atuava na área como piloto profissional em voos comerciais há três anos. Um ano depois de formado, retornou para a Europa, obtendo o certificado de piloto internacional, voando pelo mundo. “Foram 6 anos de experiência e muitas horas de voo que valeram a pena para todo o meu aprendizado”, relata. 

Aos 30 anos, recebeu a habilitação de comandante do Airbus 320. Conhecido como Comandante Barros, recebeu como Melhor Piloto em 2019, no prêmio Sul da América. “Nunca desista dos seus objetivos, corra atrás que vai dar tudo certo”, finaliza.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.