Por que nós ficamos mais gripados no inverno?

0 3

Infectologista explica o motivo do aumento dos casos durante a estação

Frio, chuva, coriza, garganta doendo, tosse, dificuldade de respirar, essas são as principais características do inverno e o que a estação mais gelada do ano proporciona a população. Por enquanto que no verão dificilmente ficamos gripados ou resfriados, no inverno, parece que as doenças chegam como um brinde junto com o período que dura de Junho à Setembro. Mas por que isso acontece?

A infectologista Flavia Cohen explica o motivo da gripe e do resfriado aparecerem mais nesta época.

“É muito comum que as pessoas escutem de seus parentes, principalmente as mães, que não devem sair de casa sem casaco, que não devem pisar no descalço no chão durante o inverno, que não devem sair de cabelo molhado para não correr o risco de pegar vento gelado. Apesar da preocupação, nem sempre a gripe ou o resfriado vai acontecer pela corrente de ar ou pela temperatura mais baixa, é uma questão de transmissão de vírus”, afirma a especialista.

Flavia explica que a associação do inverno trazer mais riscos à essas doenças pode ocorrer pelo fato de que o ar mais seco do inverno e as temperaturas mais baixas fazem com que o vírus da gripe fique por um tempo maior nos ambientes, e consequentemente, possuindo um período infeccioso maior.

“É normal que as pessoas fiquem com o sistema imunológico mais enfraquecido durante o inverno, isso acontece porque o ar frio que inalamos durante a estação causa um comprometimento nas nossas vias respiratórias, e assim se torna uma forma ainda mais fácil de contrair o vírus da gripe, por isso há o aumento dos casos”, afirma Flavia.

Um outro fator que ajuda contrair a gripe é a falta de vitamina D, durante o inverno o sol não aparece com tanta frequência, além de que não possui tamanha força como no verão, fazendo com que os indivíduos não consigam absorver a vitamina que é essencial para um bom sistema imunológico.

“Pode ser comum que as pessoas confundam os sintomas de alergia (coriza e tosse) com os da gripe, o inverno é o peridoto que tiramos o casaco e os cobertores dos armários, e eles passam um longo período de tempo guardados já que nosso país é caracterizado pelo clima quente. Então é muito comum que os itens estejam com ácaros, a espécie que desperta as crises de alergia, o que faz com que elas surjam”, explica a infectologista.

Flavia indica alguns cuidados para fugir da gripe durante a estação. Lavar as mãos com frequência, manter uma dieta nutritiva, evitar contato com amigos, parentes e companheiros que apresentem os sintomas da doença, e começar um repouso caso os sintomas (febre, tosse, garganta inflamada, coriza) apareçam.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.