Plano de negócios: o documento que define a gestão da empresa

0 20

Você sonha em ter seu próprio negócio? Sempre pensou em tirar da gaveta o projeto daquele restaurante familiar ou daquela confecção com a qual sonha desde a juventude?

Se sim, saiba que antes do sonho, é preciso que haja planejamento, cálculos sobre investimentos, muitas conversas sobre as etapas de construção deste negócio, entre outras necessidades.
De forma resumida, podemos ‘dizer’ que o que você precisa, antes de tudo, é de um bom plano de negócios.
Um plano de negócios, como o nome já indica de forma objetiva, é o documento de gestão/gerenciamento que deve ser escrito com todo capricho e detalhamento, pois nele serão elencadas as etapas de criação da sua empresa.
O Plano de Negócios, além de apresentar sua empresa e definir aspectos de sua ‘construção’, também indica o passo a passo que deve ser seguido para que ela finalmente saia do papel e se torna concreta, efetiva e em pleno funcionamento.

Veja a seguir quais são os tópicos essenciais de um Plano de Negócios:

• Sumário executivo: este é o primeiro tópico que deve constar em seu plano de negócios, contudo, é a última página a ser escrita, pois aqui estarão todos os demais tópicos do documento. Embora seja um tipo de índice ou guia para que as informações sejam facilmente encontradas, o sumário executivo não é um simples resumo e as informações colocadas ali, devem ser claras e concisas.

• Apresentação e natureza do empreendimento: sua empresa é uma loja de roupas ou um restaurante? O que será vendido e para quem? Como serão feitas as vendas? Numa loja física ou em um market place? Caso seja uma loja de roupas, você também fará estas roupas ou apenas revenderá? Se sim, quais serão os fornecedores? Aqui devem ser informados também os dados jurídicos do seu negócio (razão social, CNPJ, enquadramento tributário), o capital social e qual será a atividade econômica do seu empreendimento.

• Descrição do produto: Para descrever seu produto ou serviço, um bom ponto de partida é responder as perguntas: como será a produção? A composição? Qual a matéria-prima principal? Qual o principal fornecedor? Onde é produzido e por quem ou qual empresa e assim por diante.

• Financeiro: agora é preciso pensar na gestão financeira da sua empresa e para isso você deve dividir este tópico em custos, investimento, capital de giro, valor de venda e qual será o tempo necessário para que seu negócio retorne o investimento feito. Também é preciso pensar de forma detalhada em aspectos como espaço físico, máquinas, equipamentos, embalagens, mão de obra, matéria-prima, transporte, entrega (etc.), pois cada detalhe envolve custos que geram impactos no cálculo do valor final de venda e no total que será investido.

• Operacional: quantos funcionários serão contratados? Quais são as habilidades e competências requeridas? Quais são os equipamentos necessários para que o trabalho seja feito como se pretende? Qual o ambiente necessário para a instalação? Um galpão, uma sala, um pequeno prédio? Tudo isso deve constar nesse tópico.

• Estratégias: de que forma seu negócio será vendido? Que tipo de estratégia será usada para alavancar sua loja, confecção, restaurante etc.? Neste tópico você deve pensar detalhadamente em tudo isso.

• Marketing: uma divulgação adequada é essencial para informar ao público sobre sua empresa de forma objetiva e simples, por isso, neste item você deve pensar em quais estratégias de marketing serão mais adequadas para divulgar o seu negócio e chegar aos seus clientes: campanhas publicitárias? Redes sociais? Uma plataforma digital ou uma revista impressa? Tudo isso precisa ser pensado aqui.
Autoras: Vera Araújo e Soraia Mendonça sócias, mentoras ( empresarial), contadoras e treinadoras.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.