Nina Fernandes emociona em clipe de “Eu Posso Ser Quem Eu Quiser”

0 21

A cantora e compositora Nina Fernandes comemora nesta sexta-feira (10), o lançamento do videoclipe do seu mais recente single, “Eu Posso Ser Quem Eu Quiser”, último da trilogia que também conta com as músicas “O Mesmo Dia” e “Feitiço”. As três faixas podem ser ouvidas em todas as plataformas digitais. O clipe está disponível no canal oficial da artista no YouTube.

“Eu escrevi essa faixa pensando muito na minha infância, no meu retorno aos cheiros, às sensações e às emoções daquela época. Estou em uma fase em que preciso olhar para trás para voltar a entender quem eu sou e por quê eu sou como eu sou, o que eu gosto e não gosto em mim… o que gosto ou não gosto nos meus pais, no meu passado, na minha família, meus traumas, tudo o que me conecta comigo mesma. Só a partir daí, a gente consegue se entender, pacificar nossos sentimentos e pode ser o que a gente quiser –  com o que nós temos e com o que já somos”, finaliza Nina.

Ouça o single “Eu Posso Ser Quem Eu Quiser”

Não por acaso, o clipe traz diversas imagens da infância de Nina em diferentes idades e fases da vida. “Quis buscar imagens da minha infância porque essa é uma música sobre aconchego, sobre o acolhimento da casca, da casa da minha infância. E uma canção representa o autoconhecimento”, ela explica.

Para os curiosos, não, o local da filmagem não é a verdadeira casa sobre a qual Nina fala na letra.  Vários objetos seus foram transportados para lá, mas a casa, com ares de casa de vovó é onde fica o estúdio 12 Dólares, onde, não por acaso, a canção foi gravada. 

“Eu Posso Ser Quem Eu Quiser” foi produzida pelo vencedor do Grammy Latino Felipe Vassão (que já havia trabalhado com a cantora na faixa “O Mesmo Dia”), ao lado da própria Nina e de Pedro Serapicos. A faixa completa a trilogia iniciada com “O Mesmo Dia” e seguida por “Feitiço”. Se não chegam a contar uma história linear, as três canções lançadas por Nina Fernandes ao longo dos últimos meses de 2022, trafegam no mesmo universo musical e giram sobre temas complementares como solidão, amor e autoconhecimento. 

Ficha Técnica: 

Música e Letra: Nina Fernandes

Produção: Felipe Vassão, Pedro Serapicos, Nina Fernandes 

Gravada em: Estúdio 12 Dólares

Mixagem: João Milliet 

Produção do clipe: b+ca 

Direção/ Direção de Fotografia: Bruno Trindade Ruiz

Coordenação de Produção: Marcela Freitas

Assistente de Produção: Nitay

Produção Técnica: Vitória Schmitz

Assistente de câmera: Henrique Gun

Montagem: Henrique Tupã e Henrique Mayworm

Colorização: Osmar Júnior

Finalização e Edição de Som: Felipe Vassão

https://youtube.com/watch?v=v7kKOKOXc18%3Fversion%3D3%26rel%3D1%26fs%3D1%26autohide%3D2%26showsearch%3D0%26showinfo%3D1%26iv_load_policy%3D1%26wmode%3Dtransparent

Sobre Nina Fernandes:

Nina Fernandes tem 23 anos e vem sendo um dos maiores destaques da nova música brasileira desde o lançamento do seu primeiro single, “Cruel”, em 2017 – faixa que hoje já ultrapassa os 20 milhões de plays apenas no Spotify.

Cantora, compositora e instrumentista, começou a estudar canto aos seis anos de idade. Aos 16 anos lançou seu primeiro single pela Sony Music e aos 17 gravou seu álbum de estreia pela Som Livre. Desde então, teve músicas em duas novelas da Rede Globo, um filme da Netflix e realizou diversos shows pelo país, tocando em festivais e em locais consagrados como o Circo Voador (RJ), Blue Note (SP) e muitos outros. 

Em 2021, lançou o elogiado álbum “Amor é Fuga: Fuja”, que trouxe os hits “Você vai gostar de Mim” (com enorme sucesso em rádios e apps de música) “Compromisso” e “Te Procuro” (escrita em parceria com Ana Caetano, do duo Anavitória). No mesmo ano, Nina foi uma das vencedoras do “Prêmio Pop Mais 2021”, conquistando o primeiro lugar na categoria “Aposta Pop Mais”, onde recebeu mais de 119 mil votos.

Seus lançamentos mais recentes fecham uma trilogia que fala sobre a sensação de se sentir preso dentro dos próprios sentimentos: “O Mesmo Dia”, produzida pelo vencedor do Grammy Latino Felipe Vassão e co-produzida por Rob Moose, arranjador e violinista de Taylor Swift, e de mais uma série de grandes trabalhos com John Legend, Bon Iver e Phoebe Bridgers, “Feitiço”, uma canção com cara de clássico da MPB, produzida por Tó Brandileone, que já havia trabalhado com a artista em “Amor é Fuga: Fuja” e “Eu Posso Ser Quem Eu Quiser”, que repete a parceria com Felipe Vassão.

CONFIRA A LETRA DE “EU POSSO SER QUEM EU QUISER”

Escrita por Nina Fernandes

Alguma coisa sobre aqui 

Me faz querer ficar pra sempre 

Me faz querer olhar pra vida de um jeito mais sensível 

Alguma coisa nessa casa 

Me faz querer ser bem melhor 

E os meus sonhos não parecem tão pequenos 

quanto ontem 

Talvez o cheiro da madeira 

E a umidade das paredes 

Eu penso alto sem ter medo de dizer uma besteira

Eu posso ser o que eu quiser quando eu chego nessa casa

E quando eu olho mais pra dentro 

Eu sei que eu posso viajar 

Eu não preciso ser perfeita 

Nem escolher minhas palavras

Os meus defeitos não são intransponíveis 

Os meus parentes não são tão insuportáveis 

E de repente os meus problemas não são tão insuperáveis 

E eu tento achar graça 

Quando riem de mim 

No mundo lá fora 

Eu não vou desistir

Da menina feliz 

Que eu era mais nova 

Quase me esqueço de gostar de mim 

Primeiro  

Sei que no fundo eu só sou assim 

Por medo 

Mas quando eu entro nesse quarto 

Eu sei que posso descansar

Eu não preciso ser perfeita, 

nem escolher minhas palavras

Os meus defeitos não são intransponíveis 

Os meus parentes não são tão insuportáveis 

De repente os meus problemas não são tão insuperáveis 

Por um segundo eu acredito que consigo 

Sair mais confiante desse labirinto 

É uma magia que acontece só aqui

E é a coisa mais bonita que eu já vi 

Eu posso ser quem eu quiser 

Quando eu chego nessa casa

Redes Sociais e streaming Nina Fernandes:

Instagram

TikTok

Twitter

YouTube

Spotify

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.