Greenpeace, Instituto Ser+ e Museu das Culturas Indígenas oferecem vagas gratuitas para capacitação profissional de jovens em todo o Brasil

0 26

Em qualquer setor, eficiência e desempenho são essenciais para o sucesso do profissional. Dentro desse contexto, investir na qualificação e possibilitar que novos profissionais possam ter acesso ao mercado de trabalho e terem a chance de aperfeiçoar suas habilidades e desenvolver novas, se tornou fundamental para geração de empregabilidade e ampliação de mão de obra qualificada.

Por meio dessas iniciativas, é possível auxiliar o desenvolvimento de profissionais de diferentes segmentos, oferecer acesso à informação de qualidade e formação técnica, além de dar a possibilidade desses profissionais conseguirem se manter atualizados, relevantes dentro de suas áreas de atuação e competitivos no mercado de trabalho e na sociedade como um todo.

Para Daniel Spolaor, cofundador e CEO da Koru, um polo de conhecimento para o aprimoramento de carreiras e já ofereceu mais de R$ 1 milhão em bolsas de estudo, os programas de capacitação profissional não devem ser ignorados por empresas e organizações.

“Hoje você tem as empresas que investem em capacitação e isso é fundamental, porque a formação corporativa, com cursos e programas que permitem atualização e desenvolvimento de novas habilidades da equipe, resultam diretamente no desempenho e na capacidade de inovação de uma marca. Além disso, os colaboradores se tornam mais engajados, se sentem mais valorizados e pertencentes, o que aumenta a retenção dos talentos e a construção de uma estratégia eficaz de gestão de pessoas”, afirma.

Veja lista de empresas e organizações que oferecem cursos de capacitação totalmente gratuitos para a população.

Cursos Gratuitos

*PROA abre milhares de vagas para cursos profissionalizantes gratuitos para jovens de escola pública de SP, MG, RJ e PR*

O Instituto PROA está com inscrições abertas e milhares de vagas para cursos de capacitação online e gratuitos para quem quer iniciar no mercado de trabalho. Jovens de 17 a 22 anos, que estão concluindo ou que já concluíram o Ensino Médio em escola pública nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro podem fazer suas inscrições pelo link https://plataforma.proa.org.br/login/index.php, até o dia 4 de setembro.

O curso do PROA tem 100 horas e é dividido em 4 módulos que preparam os alunos para definirem metas profissionais e se saírem bem nas entrevistas de emprego: autoconhecimento, projeto profissional, raciocínio lógico e comunicação. São 7h30 de aulas por semana, de segunda a sexta-feira. Ao final do curso, os participantes recebem certificado de conclusão e acesso a uma plataforma exclusiva de vagas de emprego.

Instituto Ser+ abre 30 vagas para projeto de capacitação em tecnologia

Em parceria com a Unico, empresa brasileira especializada em identidade digital, o Instituto Ser+, que desde 2014 atua na criação e desenvolvimento de oportunidades para a juventude, está com 30 vagas para o projeto New Start Único, um curso voltado para jovens de 18 a 22 anos, da cidade de São Paulo, que tenham concluído o ensino médio em escola pública. As aulas serão presenciais e ministradas na Universidade São Judas Tadeu, no bairro da Mooca. O projeto vai oferecer aos participantes cartão alimentação, plano odontológico, kit pedagógico e uma bolsa de 50% na mensalidade da Universidade São Judas Tadeu.

O objetivo é descobrir novos talentos para o mercado de tecnologia, preparar esses futuros profissionais para atender as demandas do mercado além de desenvolver competências comportamentais, como resolução de problemas e raciocínio lógico, além de construção de conhecimentos técnicos em programação (front-end), tecnologia da Informação lógica de programação; HTML; CSS; JavaScript; Node JS; Data Base (SQL e no-SQL), jQuery, Bootstrap e projeto de vida e carreira.

As inscrições para participação no projeto ficarão disponíveis até o dia 04/08, pelo link: https://materiais.sermais.org.br/unico-new-start-sao-paulo

Greenpeace e Clima de Eleição prorrogam as inscrições para formação em advocacy climático para jovens das periferias até 14 de agosto

O Greenpeace Brasil e a organização Clima de Eleição, que promove a importância da agenda climática para a população jovem brasileira, anunciam a prorrogação das inscrições para o programa Adaptajuv – advocacy, adaptação e juventudes pelo clima, até o dia 14 de agosto.  O projeto tem como objetivo capacitar jovens de Manaus (AM), Recife (PE) e São Paulo (SP) para a atuação ativista em prol de políticas públicas de adaptação às mudanças climáticas. Podem participar organizações ou coletivos que já desenvolvem ações sociais por justiça climática, contra o racismo ambiental e que tenham interesse em incidir sobre a agenda climática de seus municípios. As inscrições podem ser realizadas pelo link: https://www.greenpeace.org/brasil/adaptajuv/.

Com 135 vagas, o programa terá aulas on-line de agosto a novembro, e disponibilizará 30 bolsas conectividade de R$ 100,00 para quem precisar de apoio para custos de acesso à internet. O período das aulas será de cerca de 30 dias – na sequência, três organizações de cada território serão selecionadas para a segunda fase do programa. Elas vão receber apoio financeiro para desenvolverem as campanhas de advocacy, como incentivo para organização de oficinas no território, além de comunicação e incidência política local pressionando o poder público. 

Órbi Academy e Programadores do Amanhã abrem inscrições para curso gratuito de programação a jovens pretos, pardos e indígenas

Estão abertas inscrições para cursos gratuitos de programação, inglês e soft skills. A iniciativa é da ONG Programadores do Amanhã, novo parceiro do Órbi Conecta, principal hub de inovação de Minas Gerais. O curso que tem duração de um ano e foco em jovens de 16 a 21 anos, de baixa renda, pretos, pardos e indígenas é uma oportunidade para jovens de todo o Brasil, por ser 100% remoto, jovens de todo território nacional podem se candidatar. Para se inscrever os interessados devem estar regularmente matriculados no 2º ou 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública. As inscrições podem ser feitas pelo link https://programadoresdoamanha.org, até o dia 31 de agosto de 2023 e a previsão do início das aulas é em setembro.

Além da formação em programação, serão ministrados também mais três módulos: inglês aplicado ao mercado de TI, soft skills, além de apoio psicológico. As aulas são realizadas ao vivo, via plataforma Zoom. Caso o aluno não tenha acesso à internet e não possua computador, ele receberá um notebook e, também, auxílio financeiro para custear a internet durante todo o curso. A metodologia de aprendizagem é baseada em aplicação prática. Além da formação em si, no final do curso, os estudantes recebem apoio para serem admitidos no mercado de trabalho.

Museu das Culturas Indígenas promove encontros para formação gratuita de educadores

Neste mês de agosto, educadores dos ensinos fundamental e médio de São Paulo, poderão participar gratuitamente do ciclo de formação em temáticas indígenas. Os encontros acontecem em duas datas: em 10/08, das 10h às 12h, com foco no ensino fundamental, em 19/08, e das 15 às 17h, para educadores do ensino médio. A participação é gratuita e as inscrições estão abertas no site: https://museudasculturasindigenas.org.br/. Além das escolas, o ciclo formativo, conduzido pelos Mestre de Saberes, membros indígenas do programa educativo do Museu, também pode ser acompanhado por educadores de outros espaços de aprendizagem. A iniciativa é organizada pelo Museu das Culturas Indígenas (MCI), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) em parceria com o Instituto Maracá e o Conselho Indígena Aty Mirim.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.