Educação ambiental ao alcance de todos: Inhotim apresenta dois lançamentos com temática de preservação

0 6

Em comemoração ao Dia Nacional do Cerrado, o museu e jardim botânico disponibiliza livros infantis, vídeos e publicações gratuitas sobre o bioma.

Brumadinho, MG – Seguindo sua vocação de educação ambiental e conservação de florestas, o Instituto Inhotim apresenta dois lançamentos temáticos em reconhecimento ao Dia Nacional do Cerrado, celebrado nesta semana (11 de setembro). Um deles é uma dupla de livros infantis inéditos compondo as iniciativas do Jardim Botânico Inhotim (JBI), que atua como centro de pesquisa, na conservação de biomas e propagação de espécies.

Os livros Plantas do Cerrado e Águas do Cerrado fazem parte da coleção Conversas Gerais, criada para tornar esse bioma mais conhecido e preservado. A palavra Gerais foi escolhida porque o Cerrado já foi conhecido por esse nome. Hoje, também chamado de “Savana Brasileira”, é o segundo maior bioma do país e da América Latina, cobrindo ¼ do território nacional. É a savana tropical mais rica em biodiversidade do planeta, com milhares de espécies de plantas e animais. “Durante nossas pesquisas, vimos que havia um déficit de materiais educativos sobre o Cerrado voltados para essa faixa etária. O projeto editorial foi pensado para preencher essa lacuna, de modo que essas plantas e águas gerais chegassem ao público como um agradável cartão de visitas, capaz de instigar os pequenos leitores a conhecerem e pesquisarem mais sobre o bioma”, conta Wendell Silva, editor das publicações. 

Para as crianças, os livros da coleção Conversas Gerais explicam que o Cerrado é “um lugar de muito bicho, muita planta, muita terra, muita água e várias histórias!”. Com linguagem leve e lúdica, os materiais têm edição de Wendell Silva e Lorena Vicini, da equipe de Comunicação do Inhotim, e ilustrações de Arielle Martins, ilustradora brasiliense de reconhecimento internacional.

A primeira edição impressa foi disponibilizada a escolas públicas de Araxá (MG), mas é possível acessá-los gratuitamente em versão digital no site do Inhotim.

As publicações Plantas do Cerrado e Águas do Cerrado foram viabilizadas pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da CBMM.

Consciência ambiental em vídeos

Outro lançamento com viés de educação ambiental do Inhotim são vídeos que integram a campanha “Este Mundo Existe”, que tem como intuito mostrar que o Cerrado está próximo e que está vivo. 

Com depoimentos de pessoas que atuam na conservação deste bioma, a campanha conta com Diana Aguiar (professora e pesquisadora com atuação em diversas organizações sociais como a Campanha Nacional em Defesa do Cerrado e Comissão Pastoral da Terra); com o artista indígena Edgar Kanaykõ;  Maurício de Oliveira, fundador da Associação de Meliponocultores de Minas Gerais (Ame-Minas) e idealizador do Centro de Resgate e Ecologia de Abelhas Nativas em Brumadinho (Cresan); e Giselda Durigan, pesquisadora e engenheira ambiental que atua no Cerrado integram a campanha.

 Os vídeos estão disponíveis no YouTube do Inhotim.

A campanha “Este Mundo Existe” compõe o projeto Ser do Cerrado, parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Plataforma Semente e o projeto Ser do Cerrado – uma série de ações ligadas a coleções de plantas, acessibilidade, pesquisa e conscientização sobre o meio ambiente.

Outra publicação bacana e gratuita realizada pela Plataforma Semente é Ser do Cerrado: Saberes e diversidade nos jardim do Inhotim, que reúne reflexões e relatos de ações ambientais realizadas no Instituto.

Aprendendo com o Jardim Botânico

Quer expandir seus conhecimentos ambientais para além do mundo virtual? Boa pedida é visitar pessoalmente o Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG). O local expõe obras de emblemáticos artistas brasileiros e internacionais, e um acervo com cerca de 4,3 mil espécies de plantas de diferentes continentes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.